Bebidas industrializadas danificam o esmalte dos dentes

1) O que quer dizer um alimento termogênico?  
alimentos antioxidantes que aumentam a velocidade das reações químicas (metabolismo basal) e a temperatura corporal, isto é, aumentam a velocidade com que o organismo queima as calorias.
2) Quais são os outros alimentos termogênicos que existem?
São considerados alimentos termogênicos: maçã, pimenta vermelha, mostarda, vinagre de maçã, acelga, aspargos, couve, brócolis, laranja, kiwi, limão, cafeína, guaraná, chá verde, gorduras vegetais, gorduras de coco, produtos derivados de chocolate, Omega 3 e 6, CLA (Ácido Linolêico conjugado) e até água gelada. Beber oito copos de água gelada por dia queima cerca de 200 calorias. Isto porque o organismo gasta energia para elevar a temperatura da água de 5ºC para 37ºc, que é a temperatura corporal interna.
3) É verdade que o gengibre estimula o metabolismo e, por consequência, auxilia na queima de gorduras e emagrecimento?
Pesquisas realizadas na China e na Grã Bretanha, indicam que o gengibre também é capaz de acelerar o metabolismo em até 20%, aumentando a queima de calorias.
4) Como tem magnésio e fósforo, estimula a fixação de cálcio aos ossos?
Sim. Cada 100 g de gengibre possui 157 mg de magnésio, que é considerado o mineral do músculo, sendo relaxante muscular e estimulante na formação de novas células;
O magnésio é indispensável na fixação de cálcio nos ossos, podendo causar ou agravar quadros de osteopenia e osteoporose no adulto e dificultar a calcificação correta dos ossos na infância e adolescência. 144 mg de fósforo, que fornece energia para as funções intelectuais e nervosas;
O fósforo participa, obrigatoriamente, da formação dos sais de cálcio, motivo pelo qual pode ser encontrado nos ossos e dentes numa proporção de 70 a 80%.
Possui ainda:
1.126 mg de potássio, importante para reposição de tecido muscular;
106 mg de cálcio, responsável pela construção e conservação da estrutura óssea;
5,2 mg de niacina (vitamina B3) eficaz na redução do colesterol.
5) Existem contra-indicações para o gengibre?
Evitar quando a pessoa possui hipersensibilidade ao gengibre ou seus componentes. Não utilizar nos períodos de gravidez, lactação, crianças menores de 6 anos. Evitar em pacientes com cálculos biliares (pedras na vesícula).
6) alguma coisa com respeito ao gengibre, talvez uma indicação especial, ou algo mais?
Por mais de 5000 anos o gengibre tem sido celebrado tanto por seus valores medicinais bem como tempero na culinária. Os gregos costumavam comer gengibre dentro de um pedaço de pão após as refeições para auxiliar na digestão. O gengibre sempre foi muito aclamado por seus efeitos positivos no sistema digestivo. Ele contém um antiinflamatório natural que pode ser utilizado para aliviar a dor.
O gengibre é obtido a partir de uma planta herbácea originária da Índia. À parte da planta utilizada no mundo das especiarias é o caule subterrâneo (o chamado rizoma).
Trata-se de um caule carnudo com pequenas ramificações arredondadas, que muitos consideram semelhante à forma de uma mão masculina de dedos grossos e outro aproximado à forma de um pequeno homenzinho.
O Gengibre e seus constituintes exibem uma ampla faixa de atividades farmacológicas: antiemético, cardiotônico, hepatoprotetor, antitrombótico, antibacteriano, antioxidante, analgésico e antiinflamatório, bem como antitussígeno, diurético e estimulante. Preparações de gengibre abaixam os níveis de colesterol, aumentam os níveis de açúcar no sangue, causam um aumento na secreção de saliva e suco gástrico, promovem secreção biliar e aumentam o tônus intestinal e o peristaltismo.
Além disso, o gengibre pode ser um aliado contra gripes, pois tem efeito aquecedor e estimulante sobre a circulação, ajudando o corpo a se livrar de mucos e catarros. É estimulante gastrintestinal, combate os gases intestinais (carminativo), rouquidão. Externamente é revulsivo, utilizado em traumatismos e reumatismos.
Quanto consumir: 1 colher (café) por dia. Em excesso pode irritar a mucosa do estômago.
Como: use a raiz pura, ralada, como tempero (em molhos e assados, por exemplo).
Calorias: 15 em 1 colher (sopa).
Para aqueles que sentem enjôo quando viajam, quer seja de carro ou avião, aqui vai uma dica: mastigue pequenos pedaços de gengibre. A raiz contém um princípio ativo chamado gingerol tão potente como os antiemético convencionais utilizados para combater esse problema.

Os benefícios do gengibre

1) O que quer dizer um alimento termogênico?
São alimentos antioxidantes que aumentam a velocidade das reações químicas (metabolismo basal) e a temperatura corporal, isto é, aumentam a velocidade com que o organismo queima as calorias.
2) Quais são os outros alimentos termogênicos que existem?
São considerados alimentos termogênicos: maçã, pimenta vermelha, mostarda, vinagre de maçã, acelga, aspargos, couve, brócolis, laranja, kiwi, limão, cafeína, guaraná, chá verde, gorduras vegetais, gorduras de coco, produtos derivados de chocolate, Omega 3 e 6, CLA (Ácido Linolêico conjugado) e até água gelada.
Beber oito copos de água gelada por dia queima cerca de 200 calorias. Isto porque o organismo gasta energia para elevar a temperatura da água de 5ºC para 37ºc, que é a temperatura corporal interna.
3) É verdade que o gengibre estimula o metabolismo e, por conseqüência, auxilia na queima de gorduras e emagrecimento?
Pesquisas realizadas na China e na Grã Bretanha, indicam que o gengibre também é capaz de acelerar o metabolismo em até 20%, aumentando a queima de calorias.
4) Como tem magnésio e fósforo, estimula a fixação de cálcio aos ossos?
Sim. Cada 100 g de gengibre possui 157 mg de magnésio, que é considerado o mineral do músculo, sendo relaxante muscular e estimulante na formação de novas células;
O magnésio é indispensável na fixação de cálcio nos ossos, podendo causar ou agravar quadros de osteopenia e osteoporose no adulto e dificultar a calcificação correta dos ossos na infância e adolescência. 144 mg de fósforo, que fornece energia para as funções intelectuais e nervosas;
O fósforo participa, obrigatoriamente, da formação dos sais de cálcio, motivo pelo qual pode ser encontrado nos ossos e dentes numa proporção de 70 a 80%.
Possui ainda:
1.126 mg de potássio, importante para reposição de tecido muscular;
106 mg de cálcio, responsável pela construção e conservação da estrutura óssea;
5,2 mg de niacina (vitamina B3) eficaz na redução do colesterol.
5) Existem contra-indicações para o gengibre?
Evitar quando a pessoa possui hipersensibilidade ao gengibre ou seus componentes. Não utilizar nos períodos de gravidez, lactação, crianças menores de 6 anos. Evitar em pacientes com cálculos biliares (pedras na vesícula).
6) alguma coisa com respeito ao gengibre, talvez uma indicação especial, ou algo mais?
Por mais de 5000 anos o gengibre tem sido celebrado tanto por seus valores medicinais bem como tempero na culinária. Os gregos costumavam comer gengibre dentro de um pedaço de pão após as refeições para auxiliar na digestão. O gengibre sempre foi muito aclamado por seus efeitos positivos no sistema digestivo. Ele contém um antiinflamatório natural que pode ser utilizado para aliviar a dor.
O gengibre é obtido a partir de uma planta herbácea originária da Índia.
À parte da planta utilizada no mundo das especiarias é o caule subterrâneo (o chamado rizoma).
Trata-se de um caule carnudo com pequenas ramificações arredondadas, que muitos consideram semelhante à forma de uma mão masculina de dedos grossos e outro aproximado à forma de um pequeno homenzinho.
O Gengibre e seus constituintes exibem uma ampla faixa de atividades farmacológicas: antiemético, cardiotônico, hepatoprotetor, antitrombótico, antibacteriano, antioxidante, analgésico e antiinflamatório, bem como antitussígeno, diurético e estimulante. Preparações de gengibre abaixam os níveis de colesterol, aumentam os níveis de açúcar no sangue, causam um aumento na secreção de saliva e suco gástrico, promovem secreção biliar e aumentam o tônus intestinal e o peristaltismo.
Além disso, o gengibre pode ser um aliado contra gripes, pois tem efeito aquecedor e estimulante sobre a circulação, ajudando o corpo a se livrar de mucos e catarros. É estimulante gastrintestinal, combate os gases intestinais (carminativo), rouquidão. Externamente é revulsivo, utilizado em traumatismos e reumatismos.
Quanto consumir: 1 colher (café) por dia. Em excesso pode irritar a mucosa do estômago.
Como: use a raiz pura, ralada, como tempero (em molhos e assados, por exemplo).
Calorias: 15 em 1 colher (sopa).
Para aqueles que sentem enjôo quando viajam, quer seja de carro ou avião, aqui vai uma dica: mastigue pequenos pedaços de gengibre. A raiz contém um princípio ativo chamado gingerol tão potente como os antiemético convencionais utilizados para combater esse problema.

Álcool VS Alimentação

1. A deficiência de quais alimentos podem causar o ressecamento da pele? Quais os nutrientes que estão relacionados com esse fenômeno?
Sim. A falta de nutrientes no organismo pode trazer muitas doenças! Beleza não põe mesa, mas está à mesa. A alimentação balanceada, além de fazer bem à saúde, ajuda a tornar as pessoas mais bonitas e atraentes. Sabe-se que os nutrientes, tais como vitaminas e minerais, não atuam somente na nutrição dos indivíduos, mas também desempenham papéis específicos fundamentais, colaborando para o bom funcionamento do corpo humano de uma maneira geral.
Cada nutriente possui uma determinada função no organismo. Quando há deficiência de determinado nutriente, não há somente má nutrição, mas problemas relacionados com a função daquele nutriente. As trilhões de células que constituem nosso corpo devem estar saudáveis e em perfeito funcionamento antes que você possa esperar por um ótimo bem estar e energia. Nenhum programa para controle de peso ou nutricional pode funcionar a longo prazo, a menos que as células de seu corpo recebam todos os nutrientes que precisam a partir de fontes de alimentos naturais e suplementos apropriados.
Água
Água é o principal de nosso corpo, correspondendo entre 60% a 70% do nosso peso. Está presente em alimentos e líquidos, e deve ser consumida regularmente. É um remédio muito simples para uma série de condições desagradáveis.
Em média, devemos beber um mínimo de 1,8 litros d’água por dia (sete a oito copos), além de outros líquidos hidratantes (não cafeinados e não alcoólicos).
Deficiência e excesso de vitamina A
O excesso da vitamina A pode deixar a pele rachada.
Principais funções: importante para as funções da retina, principalmente para a visão noturna. Exerce ainda função na cornificação da pele e das mucosas, no reforço do sistema imunológico, na formação dos ossos, da pele, cabelos e unhas. É importante no desenvolvimento embrionário. Tem influência nas reações imunológicas, e teria efeitos na prevenção de certos tumores.
A vitamina A tem função anti-oxidante. Ela se fixa aos chamados radicais livres que se originam da oxidação de diversos elementos. Esses radicais livres teriam um efeito nocivo para as células e são tidos como causadores de arterioesclerose, catarata, tumores, doenças da pele e doenças reumáticas.
Principais fontes: vegetais amarelos (cenoura, abóbora, batata doce, milho), pêssego, nectarina, abricó, gema de ovo, manteiga, óleos de fígado de peixe, fígado bovino, creme, vegetais folhosos verde escuros, óleo de palma-vermelha, tomate, leite, abóbora, e melão.
Necessidade Diária do Adulto 900 microgramas
Deficiência de Riboflavina (Vit. B2)
É importante para o bom funcionamento e a regeneração das mucosas e da pele. Encontra-se presente em quase todas as células vivas.
Embora a vitamina B2 esteja presente em alguns tecidos do corpo, como fígado e rins, ela não é armazenada de forma marcante. Há também, alguns microorganismos presentes no intestino que conseguem produzi-la, mas em quantidades insuficientes.
Fontes: leite (fresco ou em pó);
– Queijos – especialmente ricota, requeijão e cheddar;
– Iogurtes, carnes magras, ovos, vegetais de folhas (couve, repolho, espinafre), fígado, fermento de padaria, coração, músculo de boi e aves, levedo de cerveja, produtos cereais enriquecidos, peixe, banana, lentilha, cenoura.
A recomendação diária de vitamina B2 é de 1,2 mg; para você ter uma idéia, esta quantidade pode ser obtida, por exemplo, com a combinação dos alimentos: 1 xícara (chá) de leite, 1 pote de iogurte de frutas e ½ xícara de espinafre cozido em um mesmo dia, assim, ela é facilmente atingida.
Deficiência de vitamina C
(ou ÁCIDO ASCÓRBICO)
Funções: produção e manutenção do colágeno (integridade celular), cicatrização, absorção do ferro. É essencial para a formação do tecido conjuntivo (que mantém unidas as estruturas do organismo) e para a saúde da pele. Contribui para recuperação de queimaduras e feridas.
Fontes: frutas cítricas, repolho, pimentas verdes Caju, acerola, goiaba, legumes, couve-flor, batata, aspargos, tomate, mamão, frutas cítricas, morango, abacaxi, pimentão verde. Frutas cítricas (laranja, limão), abacaxí, verduras folhosas em geral, repolho, brotos de verduras, agrião, salsa, frutas silvestres em geral, groselha vermelha e preta, morango, framboesa, amora, melão, tomate, ervilha, batata, pimentão , couve-flor.
Necessidade Diária do Adulto 60 miligramas
Deficiência de Ácido Linoleico – Omega – 6
Sinônimos: Nome Vitamina F é uma denominação antiquada que agrupa os ácidos graxos não saturados essenciais (não formados no organismo humano), como o ácido linoleico, o ácido oleico e o ácido linólico. Não são aminas e, por isso, deixaram de ser considerados como sendo vitaminas.
Principais funções: Protetores cutâneos e interferem no crescimento do corpo humano. Os ácidos graxos essenciais são usados principalmente nos cosméticos de uso tópico e servem para deixar a pele macia por terem um efeito antiqueratinizante. São muito usados para tratar as peles secas, peles rachadas e envelhecidas.
O Omega 6 não é produzido pelo nosso organismo. Por esse motivo, tem que ser obtido via alimentação.
Principais fontes : O nome de vitamina F vem por serem os ácidos graxos essenciais encontradas em gorduras. Gordura em alemão é Fett, ou, em inglês, é Fat. É encontrada principalmente no óleo de linhaça, óleo de milho, de girassol, de soja, de caroço de uva, de germe de trigo, nos óleos de oliva e de peixes e, desses, principalmente nos de água fria.
Para ser mais eficiente, o óleo de linhaça deve ser ingerido antes   das refeições, duas vezes ao dia na dosagem de uma colher de   sobremesa/ refeição (4 a 6g, 1g. equivale a 9 calorias).

Beterraba ajuda a combater o câncer e hipertensão

A beterraba é uma raiz que possui sabor adocicado e é rica em fibras, carboidratos, fonte de ferro, cobre, magnésio, manganês, cálcio, potássio, nitratos, vitamina A, vitamina C, vitamina E, vitamina K, antioxidantes importantes como carotenoides e licopeno.

O pigmento que dá a beterraba sua cor roxo-avermelhado é a betacianina, e é um poderoso agente de combate ao câncer, principalmente contra câncer de cólon, de acordo com diversos estudos. Os glóbulos sanguíneos absorvem a betacianina e podem aumentar a capacidade de transporte de oxigênio em até 400%. Possui também um fitonutriente chamado proantocianidinas que é anticancerígeno.

As beterrabas são excelentes fontes de vitaminas do complexo B, tais como B1, B2, B5, B6 e B9. Esta última, chamada também de ácido fólico, é importantíssima para a mulher grávida para o desenvolvimento normal da coluna vertebral da criança.

E o suco de beterraba é muito alcalino que o torna eficaz no tratamento da acidose. Beber regularmente o suco pode ajudar a aliviar a constipação.

Essa raiz também é rica em fitoesteróis, que são substâncias vegetais não produzidas pelo organismo humano. A fibra de beterraba vermelha promove a redução do colesterol em 30 a 40%.

Além disso, a beterraba possui nitratos, substâncias que produzem no sangue um tipo um gás conhecido como óxido nítrico, que dilata os vasos sanguíneos e as artérias e reduz a pressão arterial. Por isso, um estudo britânico da Universidade Rainha Mary, em Londres, publicado no jornal Hypertension da American Heart Association, constatou que um copo de 250 militros de suco de beterraba por dia é suficiente para diminuir em 7% a pressão arterial. Ou seja, essa raiz é aliada de quem tem hipertensão.

E o açúcar?

O açúcar da beterraba depois de pronto é quimicamente idêntico do açúcar da cana, cada um com uma composição de 100% sucrose (sacarose). O açúcar de beterraba é utilizado principalmente no norte da Europa, e o açúcar da cana de açúcar é usado pela grande maioria do mundo. Para ter uma distinção entre eles na Europa, é adicionado cerca de 1 a 3% de melaço ao açúcar de cana branco para lhe dar uma cor acastanhada.

Uma pessoa com diabetes deve ter uma alimentação bem balanceada e se estiver com a glicemia controlada pode usar a beterraba crua ou cozida na salada (1 pires dos de chá no máximo por refeição).

Como consumir a beterraba

De acordo com um estudo britânico da Universidade Rainha Mary, em Londres, citado anteriormente, um copo por dia e/ou a ingestão de uma beterraba pequena diária é o suficiente para ter todos os benefícios da beterraba. O ideal é consumi-la crua ou cozida e de preferência com a casca, que conserva melhores os nutrientes.

É muito importante fazer a escolha adequada da beterraba. Prefira com tamanho pequeno e médio pois são mais macias e saborosas. Observe se a casca está lisa e sem manchas ou rachaduras e se tiver folhas, estas devem ser de cores homogêneas e brilhantes, pois seu consumo é recomendado devido ao alto teor de nutrientes.

As beterrabas cruas tem uma substancia importante chamada betaína que, segundo estudos, diminui a substâncias inflamatórias no nosso corpo, auxiliando na redução de diversas doenças e envelhecimento.

Mas a beterraba pode ser consumida em geral nas saladas, sucos, omeletes, cozida no feijão, entre outros.

Beterraba é aliada de quem pratica exercícios

Ingerir suco de beterraba auxilia a aumentar a resistência física e permite que atletas, principalmente em provas de resistência como corrida e ciclismo, consigam exercitar por até 16% de tempo a mais, de acordo com um estudo realizado pela University of Exeter, do reino Unido.

O suco de beterraba contém alto teor de nitrito, que é transformada em nitrato (nitração) e a mesma se modifica para óxido nítrico (NO2). O óxido nítrico, como já foi citado, é responsável de fazer um relaxamento da musculatura da parede dos vasos sanguíneos, resultando em uma vasodilatação e aumento do fluxo de sangue, diminuindo a pressão arterial, aumentando a absorção de nutrientes nos músculos do corpo. Isso resultará em aumento de massa magra, aumento de força (devido maior velocidade da contração da fibra muscular) e uma melhor recuperação muscular após o exercício com um incremento a mais de resistência física.

No pré-treino prefira ingerir o suco (que leva uma beterraba pequena ou média com água) até 60 minutos antes do treino, tempo suficiente para ter o aumento da perfusão sanguínea.

Há também o suco rosa, que é a combinação de laranja com beterraba crua, resultado de um estudo publicado no Journal of Applied Physiology pelo professor Andy Jones. Este estudo demonstra que a mistura melhora em até 10% o desempenho físico, e ainda ajuda na recuperação muscular. A grande vedete deste suco é a beterraba que é uma excelente fonte de óxido nítrico, que promove a dilatação dos vasos sanguíneos, melhorando a absorção de micronutrientes no organismo. A laranja por sua vez, além de ser rica em vitamina C, tem a função de combater os radicais livres que são gerados com os exercícios físicos.

Low Carb

 
Plano alimentar segmentado que leva a pessoa a consumir uma taxa máxima de carboidratos de 20% e carne a vontade, de forma que, seja possível usufruir dos seus nutrientes e benefícios e ao mesmo tempo diminuir o percentual de gordura.

Integral ou Desnatado? Qual é o melhor leite paras as crianças?

A diferença entre o leite desnatado e o integral é visível principalmente quando viramos o copo. No leite integral observamos uma camada grossa, enquanto no desnatado ela some rapidamente. Portanto, aparentemente o leite integral é mais grosso que o desnatado.

O que muda nos diversos tipos de leite é a quantidade de gordura e de um nutriente: o ácido linoleico conjugado, CLA. O leite integral tem o ácido linoleico, mas possui muita gordura, sendo mais indicado para crianças que não tenham problemas de obesidade.
O leite semidesnatado possui o ácido linoleico e uma dose menor de gordura, indicado por qualquer pessoa saudável. O leite desnatado tem menos colesterol que o semi desnatado, e este menos que o integral, enquanto que para a quantidade de gorduras insaturadas e ômega 3, a ordem se inverte: o leite integral é o que possui maiores quantidades.
O ideal é sempre escolher o tipo de leite melhor para cada faixa etária. Para crianças maiores de 2 anos o mais indicado é o leite integral porque nessa fase é necessário maior quantidade de energia para o crescimento e desenvolvimento.
Os adolescentes também necessitam de preferência do leite integral devido à fase de estirão. Mas devido ao alto índice de obesidade infantil e diagnósticos de hipercolesterolemia (aumento de colesterol no sangue) muitas vezes pode ser recomendado a troca de leite integral pelo desnatado, mas sempre com a ajuda de um profissional na área da saúde supervisionando.

Café e saúde

O café possui 1% a 2% de cafeína, substância que estimula a atividade intelectual, a memória e o raciocínio, melhorando inclusive o aprendizado escolar. O segredo está na dosagem: esses benefícios podem ser sentidos desde que se tome café com moderação. Entenda-se por moderação três a quatro xícaras ao longo do dia – nunca à noite.
O açúcar no café ou no chá reduz o risco de engordar, revela uma pesquisa dinamarquesa feita com 5.200 homens. Se colocarmos uma colherinha de açúcar para cada uma das cinco ou seis xícaras pequenas de café ou chá que bebemos por dia, corremos 40% menos riscos de ganhar peso do que se consumirmos estas bebidas sem açúcar.
A explicação mais plausível é que o açúcar no café ou no chá estimula o metabolismo nos intestinos e diminui o apetite, e as calorias do açúcar são menores que a de outros alimentos eventualmente ingeridos. De acordo com pesquisas realizadas no Brasil, Estados Unidos, Europa e Japão, o consumo de até cinco xícaras de café por dia contribui na prevenção de várias doenças, como o câncer de cólon, diabetes, a doença de Parkinson e o mal de Alzheimer. Isso porque ele possui propriedades antioxidantes e protege os neurônios.
Tomar café ‘moderadamente’ melhora a saúde e reduz as possibilidades de sofrer doenças como mal de Parkinson e diabete. Segundo estudos realizados nos EUA e Europa, pessoas que tomam entre uma e três xícaras de café ao dia podem ter diminuído entre dois e cinco vezes os riscos de desenvolver mal de Parkinson.
Tomar café moderadamente reduziria entre 15% e 60% as probabilidades de desenvolver diabete, porque o grão contém minerais, cafeína e ácido clorogênico, que inibe a produção excessiva de glicose. Se consumido em excesso – mais de cinco xícaras diárias – o café pode causar dores de cabeça, debilidade, alteração dos nervos e perturbação do sono.
Pesquisas recentes mostram que os ácidos clorogênicos e as serotoninas, substâncias presentes no café após a torrefação, possuem relevantes efeitos antioxidantes que podem prevenir males como as doenças cardiovasculares e o câncer de cólon.
ALGUMAS FORMAS DE CONSUMO DO CAFÉ NO MUNDO
O café é, ao lado da cerveja, a bebida mais popular do planeta. Apesar da preferência, as suas formas de consumo são tão diversas, que podem fazer com que o consumidor mais desavisado tenha grandes surpresas. Veja como o café é consumido em alguns lugares do mundo:

  • França: o produto, muitas vezes, é bebido juntamente com chicória;
  • Áustria: pode-se beber o produto juntamente com figos secos, sendo que em Viena, a capital do país, é uma tradição o oferecimento de bolos e doces para acompanhar o café com chantilly;
  • África e Oriente Médio: é comum acentuar o sabor do café com algumas especiarias, tais como canela e cardomomo, alho ou gengibre;
  • Bélgica: o produto é servido com um pequeno pedaço de chocolate, colocado no interior da xícara, que se derrete quando entra em contato com o café;
  • Itália: a preferência é pelo café expresso servido em xícaras pequenas;
  • Grécia: o café é acompanhado por um copo de água gelada;
  • Cuba: o café é consumido forte e adoçado, e em um só gole;
  • Sul da Índia: o café é misturado com açúcar e leite e servido com doces;
  • Alemanha: em algumas regiões é servido com leite condensado ou chantilly
  • Suíça: adiciona-se ao café um licor, o kirsch;

México: em muitos lugares, o café é oferecido gratuitamente e pode ser consumido em grandes quantidades. O chamado café americano, como é conhecido no México, é o mais consumido e é uma cópia do que se bebia até poucos anos nos Estados Unidos: aguado e com pouco sabor
Dicas para coar um bom cafezinho
a) prepare somente a quantidade de bebida que vai ser consumida imediatamente ou, no máximo, durante a hora seguinte;
b) lave o coador de pano somente com água e jamais com detergentes, alvejantes ou com o mesmo café que sobrou. Guarde-o, depois de mergulhado em água limpa ou após a secagem na vara;
c) use água pura e limpa, preferencialmente filtrada ou água mineral, para se fazer o café;
d) ferva uma quantidade extra de água, para aquecer o bule ou garrafa, onde será armazenado o café, e também as xícaras;
e) o tempo de contato entre água e café deve ser:
Para moagem fina: até 4 minutos;
Para moagem média: de 4 a 6 minutos;
Para moagem grossa: de 6 a 9 minutos;
Este tempo varia conforme o equipamento e a preferência pessoal;
f) não adoce o café antes do seu preparo. Deixe isso a gosto de cada pessoa;
g) deve-se passar o pó de café somente água quente e jamais a bebida. A recirculação torna a bebida muito amarga, áspera e desagradável;
h) o café usado (esgotado ou borra) é o pior inimigo do sabor e aroma, da cafeteira e da sua saúde, jogue-o fora o mais rápido possível
i) as garrafas térmicas devem ser muito limpas e de uso exclusivo do café;

Veganismo

Estilo de vida onde que preza não apenas pelos benefícios de uma alimentação saudável, mas também, luta pelo direito dos seres vivos.  Devido a isso, alimentos com origem animal são proibidos para o consumo, fazendo com que, muitas vezes a proteína obtida venha dos vegetais. E os nutrientes de suplementos, frutas e legumes.