ALIMENTAÇÃO, DIETAS

Café e saúde

0 out of 10

O café possui 1% a 2% de cafeína, substância que estimula a atividade intelectual, a memória e o raciocínio, melhorando inclusive o aprendizado escolar. O segredo está na dosagem: esses benefícios podem ser sentidos desde que se tome café com moderação. Entenda-se por moderação três a quatro xícaras ao longo do dia – nunca à noite.
O açúcar no café ou no chá reduz o risco de engordar, revela uma pesquisa dinamarquesa feita com 5.200 homens. Se colocarmos uma colherinha de açúcar para cada uma das cinco ou seis xícaras pequenas de café ou chá que bebemos por dia, corremos 40% menos riscos de ganhar peso do que se consumirmos estas bebidas sem açúcar.
A explicação mais plausível é que o açúcar no café ou no chá estimula o metabolismo nos intestinos e diminui o apetite, e as calorias do açúcar são menores que a de outros alimentos eventualmente ingeridos. De acordo com pesquisas realizadas no Brasil, Estados Unidos, Europa e Japão, o consumo de até cinco xícaras de café por dia contribui na prevenção de várias doenças, como o câncer de cólon, diabetes, a doença de Parkinson e o mal de Alzheimer. Isso porque ele possui propriedades antioxidantes e protege os neurônios.
Tomar café ‘moderadamente’ melhora a saúde e reduz as possibilidades de sofrer doenças como mal de Parkinson e diabete. Segundo estudos realizados nos EUA e Europa, pessoas que tomam entre uma e três xícaras de café ao dia podem ter diminuído entre dois e cinco vezes os riscos de desenvolver mal de Parkinson.
Tomar café moderadamente reduziria entre 15% e 60% as probabilidades de desenvolver diabete, porque o grão contém minerais, cafeína e ácido clorogênico, que inibe a produção excessiva de glicose. Se consumido em excesso – mais de cinco xícaras diárias – o café pode causar dores de cabeça, debilidade, alteração dos nervos e perturbação do sono.
Pesquisas recentes mostram que os ácidos clorogênicos e as serotoninas, substâncias presentes no café após a torrefação, possuem relevantes efeitos antioxidantes que podem prevenir males como as doenças cardiovasculares e o câncer de cólon.
ALGUMAS FORMAS DE CONSUMO DO CAFÉ NO MUNDO
O café é, ao lado da cerveja, a bebida mais popular do planeta. Apesar da preferência, as suas formas de consumo são tão diversas, que podem fazer com que o consumidor mais desavisado tenha grandes surpresas. Veja como o café é consumido em alguns lugares do mundo:

  • França: o produto, muitas vezes, é bebido juntamente com chicória;
  • Áustria: pode-se beber o produto juntamente com figos secos, sendo que em Viena, a capital do país, é uma tradição o oferecimento de bolos e doces para acompanhar o café com chantilly;
  • África e Oriente Médio: é comum acentuar o sabor do café com algumas especiarias, tais como canela e cardomomo, alho ou gengibre;
  • Bélgica: o produto é servido com um pequeno pedaço de chocolate, colocado no interior da xícara, que se derrete quando entra em contato com o café;
  • Itália: a preferência é pelo café expresso servido em xícaras pequenas;
  • Grécia: o café é acompanhado por um copo de água gelada;
  • Cuba: o café é consumido forte e adoçado, e em um só gole;
  • Sul da Índia: o café é misturado com açúcar e leite e servido com doces;
  • Alemanha: em algumas regiões é servido com leite condensado ou chantilly
  • Suíça: adiciona-se ao café um licor, o kirsch;

México: em muitos lugares, o café é oferecido gratuitamente e pode ser consumido em grandes quantidades. O chamado café americano, como é conhecido no México, é o mais consumido e é uma cópia do que se bebia até poucos anos nos Estados Unidos: aguado e com pouco sabor
Dicas para coar um bom cafezinho
a) prepare somente a quantidade de bebida que vai ser consumida imediatamente ou, no máximo, durante a hora seguinte;
b) lave o coador de pano somente com água e jamais com detergentes, alvejantes ou com o mesmo café que sobrou. Guarde-o, depois de mergulhado em água limpa ou após a secagem na vara;
c) use água pura e limpa, preferencialmente filtrada ou água mineral, para se fazer o café;
d) ferva uma quantidade extra de água, para aquecer o bule ou garrafa, onde será armazenado o café, e também as xícaras;
e) o tempo de contato entre água e café deve ser:
Para moagem fina: até 4 minutos;
Para moagem média: de 4 a 6 minutos;
Para moagem grossa: de 6 a 9 minutos;
Este tempo varia conforme o equipamento e a preferência pessoal;
f) não adoce o café antes do seu preparo. Deixe isso a gosto de cada pessoa;
g) deve-se passar o pó de café somente água quente e jamais a bebida. A recirculação torna a bebida muito amarga, áspera e desagradável;
h) o café usado (esgotado ou borra) é o pior inimigo do sabor e aroma, da cafeteira e da sua saúde, jogue-o fora o mais rápido possível
i) as garrafas térmicas devem ser muito limpas e de uso exclusivo do café;

Previous ArticleNext Article

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *